browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Cuidados com a gravidez no verão

Você está vivendo um momento especial, a gravidez. E para curtir essa fase com segurança é importante ficar atenta a alguns cuidados que podem ser tomados pelas gestantes durante o verão. A Dra. Carolina Andreoli compartilhou algumas dicas bastante úteis para as gestantes durante os meses mais quentes do ano:

Hidratação: a hidratação é essencial, e recomenda-se uma ingesta de 2.5 a 3 litros de água ao dia para repor as perdas com o suor e manter a pressão arterial equilibrada. Uma boa hidratação melhora o volume sanguíneo e a circulação, reduzindo os inchaços. Além de água, aposte na água de coco, sucos naturais, água saborizada. Evite refrigerantes e sucos industrializados, pois são ricos em açúcar e sódio, e consuma chás escuros com moderação pois contém cafeína.

Alimentação: as escolhas alimentares na gestação influenciam na saúde do bebê, por isso muito cuidado ao definir o cardápio do dia. No verão, as frutas são uma excelente opção, pois possuem água e auxiliam na hidratação. Alimentos processados, embutidos, frituras, são ricos em sódio e pioram o inchaço, devendo ser evitados. Cuidado com a procedência e armazenamento dos alimentos: o calor e a manipulação dos alimentos podem contribuir para intoxicações alimentares e infecções gastrointestinais.

Atividade física: grávidas podem e devem se exercitar, desde que não restrição por parte do médico obstetra. Cuidado com exercícios ao ar livre ou em ambientes muito quentes, pois pode ocorrer desidratação, mal-estar e desmaios.

Proteção solar: grávidas são ainda mais sensíveis ao sol, e os cuidados com a proteção contra o sol devem ser redobrados. Filtro solar no mínimo FPS 30 deve ser aplicado a cada 2 horas, chapéus são muito bem-vindos, e é claro, evite o sol entre 10 e 16h. Na gestação, as manchas no rosto (melasma) são mais comuns, ou seja, mais um motivo para tomar cuidado com o sol.

Banhos de mar e piscina: a gravidez causa alterações no eixo de equilíbrio do corpo, fazendo com que as grávidas tenham mais riscos de quedas. Entre com cuidado na água, fique atenta à correnteza do mar e esteja acompanhada sempre que possível.

Roupas: a pele é a principal fonte de regulação da temperatura corporal, e o suor é um fator importante na perda líquida. Grávidas tem maior risco de desidratação como já falamos acima, então procure usar tecidos leves e transpiráveis como o algodão, e cores claras que absorvam menos a luz solar. Na praia ou na prática de esportes ao ar livre, aposte nas roupas com tecido especial com FPS. Outro dado importante: grávidas são mais propensas a infecções vaginais, como a candidíase, e a umidade do verão pode aumentar esse risco. Na hora de fazer as malas, coloque mais de um biquíni, assim evita ficar muito tempo com o biquíni molhado.

Inchaço: grávida no verão sofre com o calor e com o inchaço nas pernas. Exercícios físicos e hidratação ajudam. Drenagem linfática auxilia bastante, podendo ser feita em todo o corpo exceto abdômen. Procure um profissional habilitado, de preferência fisioterapeuta, e confirme com seu médico obstetra se possui alguma restrição para realizar as sessões de drenagem linfática.

Zika vírus: os mosquitos estão à solta, transmitindo doenças como Zika e dengue, e grávidas estão muito vulneráveis em função dos riscos para o bebê. Procure usar repelente de insetos e cuide bem de sua casa para evitar focos de mosquitos.

Agora que você já sabe como curtir o verão gravidinha, é só aproveitar! 

Cuidados com a gravidez no verão

Você está vivendo um momento especial, a gravidez. E para curtir essa fase com segurança é importante ficar atenta a alguns cuidados que podem ser tomados pelas gestantes durante o verão. A Dra. Carolina Andreoli compartilhou algumas dicas bastante úteis para as gestantes durante os meses mais quentes do ano:

Hidratação: a hidratação é essencial, e recomenda-se uma ingesta de 2.5 a 3 litros de água ao dia para repor as perdas com o suor e manter a pressão arterial equilibrada. Uma boa hidratação melhora o volume sanguíneo e a circulação, reduzindo os inchaços. Além de água, aposte na água de coco, sucos naturais, água saborizada. Evite refrigerantes e sucos industrializados, pois são ricos em açúcar e sódio, e consuma chás escuros com moderação pois contém cafeína.

Alimentação: as escolhas alimentares na gestação influenciam na saúde do bebê, por isso muito cuidado ao definir o cardápio do dia. No verão, as frutas são uma excelente opção, pois possuem água e auxiliam na hidratação. Alimentos processados, embutidos, frituras, são ricos em sódio e pioram o inchaço, devendo ser evitados. Cuidado com a procedência e armazenamento dos alimentos: o calor e a manipulação dos alimentos podem contribuir para intoxicações alimentares e infecções gastrointestinais.

Atividade física: grávidas podem e devem se exercitar, desde que não restrição por parte do médico obstetra. Cuidado com exercícios ao ar livre ou em ambientes muito quentes, pois pode ocorrer desidratação, mal-estar e desmaios.

Proteção solar: grávidas são ainda mais sensíveis ao sol, e os cuidados com a proteção contra o sol devem ser redobrados. Filtro solar no mínimo FPS 30 deve ser aplicado a cada 2 horas, chapéus são muito bem-vindos, e é claro, evite o sol entre 10 e 16h. Na gestação, as manchas no rosto (melasma) são mais comuns, ou seja, mais um motivo para tomar cuidado com o sol.

Banhos de mar e piscina: a gravidez causa alterações no eixo de equilíbrio do corpo, fazendo com que as grávidas tenham mais riscos de quedas. Entre com cuidado na água, fique atenta à correnteza do mar e esteja acompanhada sempre que possível.

Roupas: a pele é a principal fonte de regulação da temperatura corporal, e o suor é um fator importante na perda líquida. Grávidas tem maior risco de desidratação como já falamos acima, então procure usar tecidos leves e transpiráveis como o algodão, e cores claras que absorvam menos a luz solar. Na praia ou na prática de esportes ao ar livre, aposte nas roupas com tecido especial com FPS. Outro dado importante: grávidas são mais propensas a infecções vaginais, como a candidíase, e a umidade do verão pode aumentar esse risco. Na hora de fazer as malas, coloque mais de um biquíni, assim evita ficar muito tempo com o biquíni molhado.

Inchaço: grávida no verão sofre com o calor e com o inchaço nas pernas. Exercícios físicos e hidratação ajudam. Drenagem linfática auxilia bastante, podendo ser feita em todo o corpo exceto abdômen. Procure um profissional habilitado, de preferência fisioterapeuta, e confirme com seu médico obstetra se possui alguma restrição para realizar as sessões de drenagem linfática.

Zika vírus: os mosquitos estão à solta, transmitindo doenças como Zika e dengue, e grávidas estão muito vulneráveis em função dos riscos para o bebê. Procure usar repelente de insetos e cuide bem de sua casa para evitar focos de mosquitos.

Agora que você já sabe como curtir o verão gravidinha, é só aproveitar! 

Agendamentos abertos, ligar 996881183 (celular e WhatsApp)
Avenida Independência 1183 sala 808
Estacionamento próprio no prédio (SafePark)
© 2014 Carolina Andreoli - Todos os Direitos Reservados. CREATIVE & DESIGN BY : RTWEB&DESIGN / POADESIGN - Internet Soluctions.